quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Vencendo os ruídos das circunstâncias!

Veio sobre mim a mão do SENHOR; ele me levou pelo Espírito do SENHOR e me deixou no meio de um vale que estava cheio de ossos, e me fez andar ao redor deles; eram mui numerosos na superfície do vale e estavam sequíssimos. Então me perguntou: Filho do homem,  acaso, poderão reviver estes ossos? Respondi: SENHOR Deus, tu o sabes. Disse-me ele: Profetiza a estes ossos e dize-lhes: Ossos secos ouvi a palavra do SENHOR.  Assim diz o SENHOR Deus a estes ossos: Eis que farei entrar o espírito em vós e vivereis. Porei tendões sobre vós, farei crescer carne sobre vós, sobre vós estenderei pele e porei em vós o espírito,  e vivereis. E sabereis que eu sou o SENHOR. Então profetizei segundo me fora ordenado; enquanto eu profetizava, houve um ruído, um barulho de ossos que batiam contra ossos e se ajuntavam, cada osso ao seu osso. Olhei, e eis que havia tendões sobre eles, e cresceram as carnes,  e se estendeu a pele sobre eles; mas não havia neles o espírito. Então, ele me disse: Profetiza ao espírito, profetiza, ó filho do homem, e dize-lhe: Assim diz o SENHOR Deus: Vem dos quatro ventos, ó espírito, e assopra sobre estes mortos para que vivam. Profetizei como ele me ordenara, e o espírito entrou neles, e viveram e se puseram em pé, um exército sobremodo numeroso. Então, me disse: Filho do homem, estes ossos são toda a casa de Israel . Eis que dizem: Os nossos ossos se secaram, e pereceu toda esperança; estamos de todo exterminados. Portanto, profetiza e dize-lhes: Assim diz o SENHOR Deus:  Eis que eu abrirei a vossa sepultura, e vos farei sair dela, ó povo meu, e vos trarei a terra de Israel. Sabereis que eu sou o SENHOR, quando eu abrir a vossa sepultura e vos fizer sair dela, ó povo meu. Porei em vós o meu Espírito, e vivereis, e vos estabelecerei na vossa própria terra. Então, sabereis que eu, o SENHOR, disse isto e o fiz, diz o SENHOR. (Ezequiel 37:1-14)
Esse texto têm sido interpretado ao longo dos anos como um texto que revela princípios de aviamento, princípios que tencionam a restauração da unção perdida. Quando eu meditava em como recobrar a unção perdida, esse texto me veio a mente e eu quero na simplicidade, compartilhar com meus leitores, alguns princípios que o Espírito Santo me revelou, não pretendo ter todas as revelações cabíveis ou pertinentes a esse texto, mas as que escreverei adiante, muito me auxiliaram a começar o processo de recobrimento da unção divina. Não estou no auge da unção, mas caminho em direção a ela e se você como eu deseja receber mais de Deus, analise esses princípios e deixe que Deus fale contigo; eis os princípios:
1.       Dirija a palavra profética a situação contrária que esteja vendo.
No versículo 4, o Senhor ordenou a Ezequiel que profetizasse aos ossos. Devemos recordar que esses ossos estavam sequíssimos. Os ossos eram a situação visível. Os ossos indicam a impossibilidade. Não havia nada a não ser a palavra do Senhor que estimulasse o profeta. Talvez você esteja numa situação onde tudo parece contrário a você, mas sempre há uma palavra Rhema (Revelada) de Deus pra você. Simão recebeu um Rhema de Deus no barco em meio a tempestade, Jeremias recebeu um Rhema de Deus no calabouço, Daniel recebeu um Rhema de Deus na corte babilônica. Onde você estiver, há um Rhema de Deus para você. A você que como Jó tem estimulado a muitos mas se cansou (Jó 4:3), não desista de estimular porque a situação parece imutável, pois quem semeia com lágrimas, com júbilo ceifará (Sl 126:6). Só nosso Deus é imutável nenhuma circunstância o é!
Portanto, jamais desista de amigos, irmãos, parentes, sonhos, alvos, prossiga para o alvo esquecendo as tormentas passadas (Fp. 3:13,14), não é fácil, eu sei (e como sei!) mas sempre há uma condição de vitória em Deus pra nós, ele sempre nós conduz em triunfo (2 Co. 2:14).
Abra sua boca, então e profetize, diga a Palavra, pratique a Confissão – Homologia, o concordar com Deus e diga: “Assim diz o SENHOR:”
2.       Desconsidere todo aparente retrocesso, continue crendo no milagre.
No versículo 7, enquanto o profeta obedecia houve um ruído. Na maioria das vezes, quando estamos próximos do milagre sempre há um ruído. Quando a mulher hemorrágica estava pra tocar em Jesus, uma multidão ruía. Quando Bartimeu clamava, a multidão ruía dizendo: “não incomodes o mestre”. Quando Jairo instava com o Senhor, os seus diziam: Sua filha já morreu, por que incomodas o mestre ainda?” Quando o paralítico estava diante do Senhor, os fariseus diziam: “Só Deus pode perdoar pecados, ele blasfema”. Quando o paralítico de Betesda estava diante do Senhor, sua mente dizia: “Sempre que eu me aproximo do tanque, outro entra antes de mim”. Sempre haverá pessoas, situações que ruirão quando você estiver próximo do milagre. E a resposta de como vencer esse ruído esta no que o Senhor disse a Jairo: “não temas, crê somente”.
Se você sabe algumas partes da escritura, recite-as dizendo como o Mestre: “Está Escrito”, se você ora em línguas, ore em línguas, pois isto edifica seu espírito (1 Co. 14:14; Jd. 20), cante louvores, ore, adore, jejue, creia (Tg. 5:13)
Confesse: “Olho não viu, ouvido não ouviu, mente não imaginou o que Deus tem preparado para aqueles que o amam, mas Deus tem nos revelado pelo Espírito” (1 Co. 2:9,10a). E:
“Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito” (Rm. 8:28)  E:
“Nenhuma arma forjada contra ti prosperará, e toda língua que levantar contra ti em juízo, tu a condenarás esta é a herança dos santos que vem de mim diz o SENHOR” (Is. 54:17)
3.       Siga todas as orientações de Deus.
No versículo 9, o profeta seguiu a ordem de Deus (Profetizei como ele me ordenara); No livro, a quarta dimensão, David Paul Yong Cho diz que dois de seus discípulos quebraram por não terem uma palavra Rhema de Deus, então ele traça a diferença fundamental entre fracasso e sucesso como “Obediência a Palavra Rhema de Deus”.  Aqui a ordem divina era:  “Profetiza ao espírito”. O espírito é o Espírito de Vida (Rm. 8:2) ele nos deu vida juntamente com Cristo (Ef. 2:1-10).
Independentemente de qual seja sua situação, chame o Espírito dizendo: “Vem dos quatro ventos, o espírito e assopra sobre estes mortos para que vivam”. E então, o Espírito virá e um exército sobremodo numeroso se colocará em pé diante de ti... ALELUIA!!!
Persista até que o milagre chegue! Porque em lugar da vergonha teremos dupla honra (Is. 61:7), nós não seremos mais envergonhados (Jl. 2:26), Deus nos fará herdar a herança das alturas de Jacó nosso Pai (Is. 58:14)

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

O Sacrificío de Jesus e seu Valor

Pois assim como por uma só ofensa veio o juízo sobre todos os homens para condenaçäo, assim também por um só ato de justiça veio a graça sobre todos os homens para justificaçäo de vida. Porque, como pela desobediência de um só homem, muitos foram feitos pecadores, assim pela obediência de um muitos seräo feitos justos. (Romanos 5:18,19)

Quero falar hoje do valor que o sacrifício de Jesus Cristo tem para nós. Todas as nossas ações revelam algum tipo de valor, seja ele pequeno ou grande, seja ele intenso ou não. Mas a maioria das pessoas têm-se esquecido do valor que a cruz representa para o cristianismo. Diversas pessoas têm se importado mais com a moda, com a opinião de terceiros,  com reconhecimento, com fama, com status do que com o que Deus pensa a respeito delas.

Pessoas têm-se proposto a se verem na ótica de outras. Por causa disto, elas tem sofrido diversas dores. Mas o que Deus mais deseja é que a Noiva de Seu Primogênito enxergue as coisas como elas são de fato.

Diante disso, vejamos qual é o valor do sacrifício de Jesus:

  • O valor do sacrifício no Antigo Testamento:
A palavra sacrifício ocorre 219 vezes no Antigo Testamento e 34 vezes no Novo Testamento.

Todos os sacrifícios do Antigo Testamento são sombra do que o Senhor Jesus fez no Calvário. A idéia do sacrifício é muitas vezes usada num sentido secundário e metafórico, aplicando-se as boas obras dos crentes, aos deveres de oração, aos louvores a Deus

Hebreus 13:15,16 - Portanto, ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.E näo vos esqueçais da beneficência e comunicaçäo, porque com tais sacrifícios Deus se agrada.

Salmo 51:17 -  Sacrifícios agradáveis a Deus são o espírito quebrantado; coração compungido e contrito não o desprezarás, ó Deus

Romanos 12:1 - Rogo-vos, pois, irmãos, pelas misericórdias de Deus, que apresenteis os vossos corpos por sacrifício vivo, santo e agradável a Deus

Compreendemos o valor do sacrifício para um judeu quando lemos que Deus queria destruir Jerusalém e exigiu um sacrificio de Davi e Davi foi comprar uma eira (campo) de Araúna (também conhecido como Ornã) e Araúna quis presentear Davi com a eira, então Davi disse: "Näo, mas por preço justo to comprarei, porque näo oferecerei ao SENHOR meu Deus holocaustos que näo me custem nada. Assim Davi comprou a eira e os bois por cinqüenta siclos de prata." (2 Samuel 24:24).

O tamanho do sacrifício que você faz determina o valor do seu amor. Sacrifício é o anúncio público do seu amor. Não me admira que o Salvador tenha-se feito homem e se entregado a morte em nosso lugar.

Quando falamos de sacrifício, não estamos dizendo que você tenha que se desfazer de bens materiais. Embora isso possa ocorrer, essa não é a idéia aqui. A idéia aqui é que você entenda que o que Jesus já fez por você é suficiente.

  • O valor do Sacrifício no Novo Testamento:
A expiação de Cristo veio reparar os danos da queda de Adão. O que Paulo diz em Romanos é que da mesma forma que a morte veio através de Adão, assim, a morte vicária de Cristo trouxe vida. O pensamento é o seguinte: "Se Adão nos causou dano, Jesus nos restitui toda perda".

O sacrifício de Jesus é superior (essa é a palavra-chave de Hebreus, o livro que melhor descreve o sacrifício de Jesus), o sacrifício de Jesus purifica nossa consciência de obras mortas, o sacrifício de Jesus nos leva ao trono da graça de Deus.

Hebreus 9:13,14 - Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificaçäo da carne, quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo?

Hebreus 10:19,20,22,23 - Tendo, pois, irmäos, ousadia para entrar no santuário, pelo sangue de Jesus, pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne, cheguemo-nos com verdadeiro coraçäo, em inteira certeza de fé, tendo os coraçöes purificados da má consciência, e o corpo lavado com água limpa, retenhamos firmes a confissäo da nossa esperança; porque fiel é o que prometeu.

Irmãos não sei quantas perdas vocês sofreram na trajetória da fé, mas sei o que o Sacrifício Eterno de Jesus pode fazer e faz em relação a isso, veja o que diz

Isaías 61:7 -Em lugar da vossa vergonha tereis dupla honra; e em lugar da afronta exultareis na vossa parte; por isso na sua terra possuiräo o dobro, e teräo perpétua alegria.

Joel 2:25,26 - E restituir-vos-ei os anos que comeu o gafanhoto, a locusta, e o pulgäo e a lagarta, o meu grande exército que enviei contra vós. E comereis abundantemente e vos fartareis, e louvareis o nome do SENHOR vosso Deus, que procedeu para convosco maravilhosamente; e o meu povo nunca mais será envergonhado

O sacrifício de Jesus não precisa repetir-se, pois já satisfez a justiça de Deus Pai. O que precisamos fazer a respeito dele é recebê-lo mediante a fé pois sem fé é impossível agradar a Deus (Hebreus 11:6).

Quando tudo parecer ruim, lembre-se que o sacrifício de Jesus é aceito pelo Pai e que o Sumo sacerdote intercede por você diante do Pai

Romanos 8:33,34 - Quem intentará acusaçäo contra os escolhidos de Deus? É Deus quem os justifica.Quem é que condena? Pois é Cristo quem morreu, ou antes quem ressuscitou dentre os mortos, o qual está à direita de Deus, e também intercede por nós.

Deus lhe abençõe, e lembre-se que Jesus é o cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo - João 1:29!!!
Olhe sempre por aquilo que o Senhor Jesus fez por você e receba de Deus no Espírito!!!!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

Porque é tempo de buscar ao Senhor...

Semeai para vós em justiça, ceifai segundo a misericórdia; lavrai o campo de lavoura; porque é tempo de buscar ao SENHOR, até que venha e chova a justiça sobre vós. – Os. 10:12

... Porque é tempo de buscar ao SENHOR...

• Semeiai para vós em justiça:

Nós colheremos o que plantamos senão desfalecermos (Gl. 6:9), a justiça diz que “a mesma medida empregada no plantio é a mesma medida recebida na colheita”.... Se semearmos bem, colheremos bem... mas do contrário... só prejuízo....

• Ceifai segundo a misericórdia:

A misericórdia de Deus se eleva até os céus (Sl. 36:5), ele conhece a nossa estrutura e lembra que somos pó e nos distancia dos nossos pecados (Sl. 103:13,14). A misericórdia de Deus é abundante... (Rm. 5:20), é a causa de não sermos consumidos (Lm. 3:22)!

• Lavrai o campo de Lavoura:

“é um jeito bíblico de dizer: Ponha a mão na massa, meu filho.”  É um chamado á ação, atitude, á conquista. No livro de Provérbios, a bíblia diz que o preguiçoso não lavra seu campo e por isso não tem o que comer no tempo certo (Pv. 20:4), mas a promessa do Senhor é que quem lavra no tempo certo sua lavoura virá a fartar-se de pão (Pv. 28:19).

... até que venha...

• Quando o Senhor vier, ele trará luz a todas as coisas (1 Co. 4:5).

•  Quando o Senhor vier, ele será glorificado nos seus santos (2 Ts. 1:10 )
.
• Quando o Senhor vier, ele enxugará dos olhos toda lágrima (Ap. 21:1-6)

... e chova justiça sobre vós...

• O reino de Deus é justiça e paz e alegria no Espírito Santo (Rm. 14:17)

• Jesus sendo Deus, cumpriu toda a justiça (Mt. 3:15) e sendo seus seguidores devemos fazer o mesmo (Mt. 5:20)

• A justiça de Deus para nós está em Cristo (1 Co. 1:30), não no que façamos...

Esse é o tempo de buscar a Deus; Is. 55:6; Sl. 32:6  dizem:

“Buscai ao SENHOR enquanto se pode achar, invocai-o enquanto está perto”

“Por isso, todo aquele que é santo orará a ti, a tempo de te poder achar; até no transbordar de muitas águas, estas não lhe chegarão.”

Isso porque é tempo de buscar ao SENHOR, até que venha e chova a justiça sobre nós

domingo, 11 de dezembro de 2011

Cura divina

Hoje em dia há uma quantidade enorme de cristãos feridos e isso nos leva a refletir como Jeremias: “Por que nos feriste e não há cura para nós? Aguardamos a paz e não aparece o bem; e o tempo da cura e eis aqui turbação.” (Jr. 14:19b)
A questão primordial é saber: “Por que nos feriste e não há cura para nós? Sendo que Deus tem promessas de paz e saúde para nós como se vê em Jr. 33:6 “ Eis que eu farei vir sobre ela saúde e cura, e os sararei; e lhes manifestarei a abundância de paz e de verdade”. Por que a igreja do Senhor foi ferida? Vejamos algumas possibilidades:
1.   Estamos sem a presença do SENHOR
Deus tem sete nomes principais pelos quais é conhecido no Antigo Testamento e um desses nomes é conhecido como “Jeová (Yahweh) Rafah” – O Deus que Cura, Sara” – Êx 15:26. A bíblia diz que quando Israel saiu do Egito não havia entre eles nenhum só enfermo (Sl 105:37), a bíblia diz que nesse exato momento de libertação “Deus sara todas as tuas enfermidades – Sl 103:3”.
Muitos anos mais tarde na época do profeta e sacerdote e juiz Samuel, Israel foi derrotado pois estava sem a Arca da Aliança do SENHOR – 1 Sm 4:2.
Jesus foi ferido em nosso lugar para que hoje desfrutássemos da cura divina – Is 53:4,5; se nós estamos sem cura, deveríamos perguntar: “Por que não há cura para nós?” Já que Yeshua (Jesus) foi ferido em nosso lugar – Mt 8:17.
2.   Não admitimos a doença
O Senhor Jesus falou que os sãos não precisam de médico e sim os doentes (Mt 9:12). Na maioria dos casos nós não admitimos a doença na alma e quando a admitimos não queremos ir até o Senhor para sermos curados, pois cura dói, exige confissão, restituição, perdão...
3.   Descuido pessoal:
A bíblia diz que Deus fez o homem perfeito, mas ele se meteu em muitas astúcias (Ec. 7:29). O homem negligente faz muitas coisas inapropriadas e depois quer culpar a Deus e até ao maligno... mas a palavra diz que nós prestaremos conta pelo que fizemos pelo meio do corpo – 2 Co 5:9.
Se o cristão está doente e não quer ir ao médico, isso se caracteriza descuido, pois pela palavra sabemos que os médicos são bênção como Lucas o médico amado – Cl. 4:14
O Espírito disse por boca dos seus profetas: “Cuidem do corpo de vocês, pois é por ele que minha presença flui”.
Essas são algumas possibilidades da doença, como então receber cura:
1.   Buscando a face do Altissímo:
Ao subir ao céu, Jesus “levou cativo o cativeiro” – Ef 4:8, isto é, ele aprisionou as prisões que prendiam o homem.  Quando nós buscarmos sua face, nós seremos livres de toda prisão.
2.   Reconhecendo a necessidade de cura:
Jesus curava apenas quem tinha necessidade de cura – Lc 9:11. Se você não admite, como ele te curará?
3.   Sendo Zeloso pelo “templo do Espírito”
O Espírito tem ciúmes por nós (Tg 4:5). O Espírito quer que vivamos bem e felizes, pois Deus é bom e sua misericordia dura para sempre. Cumpre a nós, portanto, a zelarmos pelo corpo, o templo do Espírito.
Diante de tudo isso, quero concluir lhe perguntando: “Por que nos feriste e não há cura para nós?


terça-feira, 22 de novembro de 2011

Comunhão Ininterrupta

Salmo 73:21-24

Assim o meu coração se azedou, e sinto picadas nos meus rins. Assim me embruteci, e nada sabia; fiquei como um animal perante ti.Todavia estou de contínuo contigo; tu me sustentaste pela minha mão direita. Guiar-me-ás com o teu conselho, e depois me receberás na glória.

Esse salmo tem um contexto muito interessante que passaremos a observar nesse momento. Ele apresenta alguns traços muito peculiares como:

  • O salmista sente-se indignado pela "prosperidade dos ímpios", mesmo sabendo que Deus é bom, santo, justo, altíssimo, fortaleza (vs 1,11,20,26).
  • Na cabeça do Salmista, temos a certeza que passou o desejo de desertar da fé (v 2); pois ele desviou seus olhos do Senhor e colocou na "prosperidade dos ímpios" (v 3).
É nesse momento aqui, que quero compartilhar com você uma gloriosa revelação que o Espírito me deu Essa gloriosa revelação chama-se: "Uma comunhão ininterrupta".

Por que uma "comunhão ininterrupta"? Considere que:

  • O salmista ao observar os ímpios achava que tudo era "melhor" que a presença de Deus;
  • O salmista tornou-se irracional, embrutecido diante de Deus (v  22);
E mesmo assim, O Senhor manteve sua comunhão com o Salmista como se descreve no texto que lemos no ínicio. "Todavia, (Apesar de tudo que tenho feito) estou de contínuo (nunca deixou de existir) contigo".

Quero compartilhar com você, alguns resultados práticos da "comunhão ininterrupta":

  • Sustentação - "Tu me sustentaste pela minha mão direita"
Is 41:10 -  Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça.

Sl 81:16 - Mas eu sustentaria Israel com o melhor trigo, e com o mel da rocha eu o satisfaria

Ne 9:21 - Durante quarenta anos tu os sustentaste no deserto; nada lhes faltou, as roupas deles não se gastaram nem os seus pés ficaram inchados
  • Direção - "Guiar-me-ás com teu conselho"
Is 48:17 - Assim diz o SENHOR, o teu Redentor, o Santo de Israel: Eu sou o SENHOR teu Deus, que te ensina o que é útil, e te guia pelo caminho em que deves andar.

Sl 32:8 - Instruir-te-ei, e ensinar-te-ei o caminho que deves seguir; guiar-te-ei com os meus olhos.

Sl 25:9 -  Guiará os mansos em justiça e aos mansos ensinará o seu caminho.

  • Aceitação - "me recebes na Glória"
1 Ts 2:12 - Para que vos conduzísseis dignamente para com Deus, que vos chama para o seu reino e glória.
1 Pe 5:10 -  E o Deus de toda a graça, que em Cristo Jesus vos chamou à sua eterna glória, depois de haverdes padecido um pouco, ele mesmo vos aperfeiçoará, confirmará, fortificará e fortalecerá.
Sl 62:7 - Em Deus está a minha salvação e a minha glória; a rocha da minha fortaleza, e o meu refúgio estão em Deus.

O que mais poderíamos querem senão a íntima presença do Senhor? Para onde iremos se só Ele tem a palavra da vida eterna?! A minha oração é que através desse estudo, seu espírito seja motivado a estar ligado em Deus o tempo todo, Deus te abençõe e te guarde (Nm 6:24)

sábado, 19 de novembro de 2011

Intervindo através da oração

Texto Bíblico: Gênesis 20:17,18; Tiago 5:16

"A seguir Abraão orou a Deus, e Deus curou Abimeleque, sua mulher e suas servas, de forma que puderam novamente ter filhos,porque o SENHOR havia tornado estéreis todas as mulheres da casa de Abimeleque por causa de Sara, mulher de Abraão."

"Portanto, confessem os seus pecados uns aos outros e orem uns pelos outros para serem curados. A oração de um justo é poderosa e eficaz."

Em Gênesis, vemos que Abraão interveio em uma situação e a modificou pela oração. A razão disto é que a oração de um justo é poderosa e eficaz.

Não é só Abraão que é exemplo de pessoas que intervieram através da oração, mas Isaque, Jacó, Moisés, Josué, Ana, Samuel, Elias, Ezequias, Jonas, Paulo e Silas dentre outros tantos.

Neste estudo, quero compartilhar com você os princípios de uma oração poderosa e eficaz que transforma situações e pessoas ao seu redor Vamos então aos princípios de uma oração poderosa e eficaz:

  1. Toda oração poderosa é voltada para Deus.
Abraão orou a Deus. Toda oração deve ser voltada para o verdadeiro Deus. No Novo Testamento, existe uma palavra exclusiva quando se fala da oração voltada para Deus, palavra essa que é proseuche. Essa palavra é de caráter sagrado e expressa devoção absoluta e de maneira nenhuma é usada para dirigir-se a pessoas, senão a Deus.

Toda oração deve cumprir os requisitos que encontramos em proseuche: Ser de caráter sagrado, expressar devoção absoluta e nunca dirigir-se a pessoas humanas, falhas, limitadas. Todo grande homem e toda grande mulher de Deus sabe por revelação e experiência que a oração é sagrada, devocional e voltada exclusivamente para Deus.

O apóstolo Tiago que é meio-irmão de Jesus Cristo, expressa bem quando uma oração não tem caráter de uma oração proseuche: (Tiago 4:3) "Quando pedem, não recebem, pois pedem por motivos errados, para gastar em seus prazeres."

Uma oração não atendida é aquela que tenciona somente atender nossos prazeres.

  2. Toda oração poderosa é direcionada para o povo.

Abraão orou por Abimeleque, suas mulheres, criadas para que pudessem ter filhos novamente. Na bíblia, vemos Abraão orando pelos habitantes de Sodoma e Gomorra, vemos Isaque orando por Rebeca, vemos Moisés orando por Faraó, vemos Arão orando por todo o Israel, vemos Davi orando pela construção do templo, vemos Elias orando pela viúva de Sarepta e tantos outros.

Nas epístolas paulinas, Paulo sempre começa suas cartas orando por alguém. Orando para que Deus lhes desse "espírito de sabedoria e revelação" (Ef 1:17), orando para alcançar algum fruto (Rm 1:9-11). Paulo exorta Timóteo, seu jovem discípulo e futuro pastor em Éfeso a orar para todas as classes de pessoas, sejam elas quem forem (1 Tm 2:1)

3. Toda oração poderosa tem uma causa.

A causa da enfermidade de Abimeleque e a oportunidade que gerou a Oração de Abraão foi Sara. Sara foi desejada pelos princípes de Abimeleque e por estar casada com Abraão, Deus visitou com seus juízos a casa de Abimeleque.

Nossas orações poderosas e eficazes tem alguma causa, seja um amigo, seja um familiar, seja um emprego, seja um ministério, seja um relacionamento, seja comunhão com o Espírito Santo. A verdade é que nenhuma oração frutifica se não houver uma causa.

Jesus orou por seus discípulos para que fossem guardados do mal (Jo 17:11), Jesus orou por Lázaro para que fosse ressuscitado (Jo 11:42,43). Jesus orou por Pedro (Lc 22:31,32).

A causa pode ser legítima ou não. A causa não é legítima quando é puramente "capricho" e não necessidade.

4. A oração poderosa é feita por um justo

A palavra "justo" aqui é dikaios e seu significado é de alguém que observa as leis divinas, de alguém que seu modo de pensar, sentir e agir é inteiramente conforme a vontade de Deus, de alguém que foi aceito por Deus mediante a adoção que há em Cristo (Gl 4:5)

A oração de um ímpio é abominável (Pv 28:9), ao contrário deste a oração de um justo (dikaios) é perfeitamente aceitável ao Pai (Pv 15:9)

Você já passou pela adoção que há em Cristo? Você já entrou pela porta (Jo 10:9), pelo caminho (Jo 14:6), pelo consumador da fé (Hb 12:2) que é Cristo?

Toda oração poderosa começa e termina nele (Rm 11:36; Ap 1:8). Que nós optemos por sermos adotados na família de Deus e desfrutemos de uma oração poderosa!

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Não minta para o Espírito Santo

 Texto Bíblico: At. 5:1-11
Deus não se deixa enganar, o que o homem plantar isso mesmo colherá (Gl 6:7), vejamos o resultado que Ananias e Safira colheram por mentir ao Espírito Santo:
1.    Tiveram seu coração repleto de satanás – At. 5:3
O eterno propósito de Deus é que o homem fosse vaso para contê-lo, no entanto, se o homem não estiver cheio de Deus, ele só pode estar cheio de sua natureza humana caída ou de demônios mesmo.
Jesus falou que os demônios procuram viver em homens e quando são expulsos tendem a retornar para eles se eles não estiverem cheios do Espírito Santo (Mt 12:43-45).
Esses crentes aqui com certeza estavam vazios do Espírito Santo, pois cederam espaço para o diabo, sendo que a bíblia diz “nem deis lugar ao diabo” (Ef 4:27).
Quando você não está cheio de Deus, você estará cheio de outra coisa, seja sua carne, seu ego, ou de demônios.
2.    Tentaram ao Senhor – At. 5:9
A bíblia enfatiza “Não tentarás o SENHOR, teu Deus” (Dt 6:16). Eles expressamente desobedeceram esse mandamento quando mentiram para o Espírito Santo.
O Espírito Santo conhece todas as coisas (Sl 139:7-12), seus olhos passam por todo lugar (Pv 15:3) e é hipocrisia nossa pensar que ao orarmos ele desconhece o estado do nosso coração; Ele é o Senhor que “Sonda mentes e corações” (Ap 2:23), ele é quem retribuirá cada um segundo os feitos do seu corpo (2 Co 5:10).
Tem muita gente que ao orar não admite suas fraquezas ao Espírito Santo, conheço várias. No entanto, a bíblia diz que o Espírito Santo veio justamente para “ajudar nas fraquezas” (Rm 8:26), muita gente acha isso uma irreverência ao Senhor, sendo que Deus ama a verdade no íntimo (Sl 51:6).
Se Ananias e Safira tivessem tido a dignidade de dizer para o Espírito:
“Senhor, vendemos a propriedade por tal valor, contudo, queremos ficar com parte do preço”, pelo menos, não teriam experimentado a morte, pois o pendor do Espírito é vida e Paz (Rm 8:6b), penso que nem seriam castigados, pois o desejo de Deus é que todos vivam (Ez 18:32).
3.    Experimentaram morte – At. 5:10
Em Gn 2:17 se lê em língua portuguesa: “Certamente morrerás”, mas no Hebraico se diz: “morrendo espiritualmente, morrerás fisicamente”. A morte de Ananias e Safira começou no espírito deles. Em Ef 2:1 se diz que devido a nossos pecados “estavámos mortos”.
O salário do pecado é a morte (Rm 6:23a), o pecado uma vez consumado gera morte (Tg 1:15). O inclinar para a carne é morte (Rm 8:6a).
Se alguém vive em promiscuidade receberá por herança morte, se alguém vive se embebedando receberá morte, pois aquilo que o homem plantar isso mesmo colherá (Gl 6:7), aquele que semeia para o Espírito colherá do Espírito vida eterna, mas aquele que semeia na sua carne, da carne colherá corrupção (Gl 6:8). A carne e o sangue não podem herdar o Reino de Deus, nem a corrupção herdar incorrupção (1 Co 15:50).
É tempo de evitar esses três “males”. É tempo de viver no Espírito (Gl 5:25). Neste momento em que lhes escrevo, tenho dor incensante no meu coração, mas o Santo Espírito a conhece (Rm 9:1,2). Acima de tudo, seja sempre verdadeiro com Deus e assim você não mentirá para o Espírito Santo.

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

E quando o impossível vem?

No nosso cotidiano somos por vezes cercados de impossibilidades e nesses momentos assim nossa alma se abate, nossa confiança se vai, nossa calma se perde, nós desacreditamos dos milagres. Não existe um ser-humano na terra que nunca experimentou a sensação de ter uma impossibilidade em sua vida. O que fazer então quando o impossível vier?

  •  Precisamos saber que Deus é o Deus do Impossível

A bíblia diz em Gênesis 18:14: Existe alguma coisa impossível para o SENHOR? Precisamos ter o entendimento semelhante ao de Jeremias em Jeremias 32:17:Ah! Soberano SENHOR, tu fizeste os céus e a terra pelo teu grande poder e por teu braço estendido. Nada é difícil demais para ti.

Ainda que algo seja impossível para nós, não será para o Senhor pois Ele mesmo diz: Mesmo que isso pareça impossível para o remanescente deste povo naquela época, será impossível para mim? , declara o SENHOR dos Exércitos (Zacarias 8:6)

NADA É DIFÍCIL DEMAIS PARA O SENHOR! JESUS DISSE QUE PARA DEUS TODAS AS COISAS SÃO POSSÍVEIS (MATEUS 19:26).

  • Precisamos ter fé
Jesus disse em Mateus 17:20 que o que faziam seus seguidores fracassarem era a pequeníssima fé que tinham, se eles aumentassem sua fé nada lhes seria impossível. Eles poderiam remover montes físicos, emocionais e espirituais.

A bíblia nos diz que a fé é o meio de vida do Cristão (Romanos 1:17), é o seu modo de andar (2 Coríntios 5:7). diz ainda que é impossível agradar a Deus sem fé (Hebreus 11:6).

A fé é a base para toda construção na vida (Hebreus 11:1), ela é aquilo que alimenta sua esperança e expectativa. Ela é o firme fundamento. Ela não oscila, ela não se move, ela não se abala. Ela é a vitória que vence o mundo (1 João 5:4).

Talvez como eu, você em certos momentos diz para Deus: "SENHOR, minha fé é tão pequena" e nossa oração passa a ser a oração dos discípulos: "Senhor, aumenta-nos a fé" - Lucas 17:5. Quero, então, apontar o melhor meio para se aperfeiçoar a fé: LEITURA DA BÍBLIA! A bíblia diz que a fé vem pelo ouvir a palavra de Deus (Romanos 10:17). Que nós saibamos a medida da nossa fé, pois Deus deu a cada um uma medida específica (Romanos 12:3), a sua fé é responsável pelo milagre!

O pastor Éber Rodrigues do ministério Ouvir e Crer ensina que nós não somos responsáveis em produzir o milagre, mas somos responsáveis em preservar a fé até que o milagre venha.

Uma segunda maneira para aperfeiçoar a fé é ORAR NO ESPÍRITO para aqueles que são batizados no Espírito Santo com o dom de falar em Línguas. O apóstolo Judas, irmão do Senhor Jesus, escreveu em sua carta no verso 20: Edifiquem-se, porém, amados, na santíssima fé que vocês têm, orando no Espírito Santo.”
Se você não sabe o que é o falar em línguas, vai uma pequena explicação: é um dom mediante o qual o crente em união com Deus fala uma língua que o edifica, essa língua pode ser natural (de outras nações) pode até ser de nações que já desapareceram como também pode ser sobrenatural (um idioma que Deus cria exclusivamente para seu relacionamento com Ele). A bíblia nos mostra exemplos desses dois tipos:

No pentecostes, os discípulos falaram uma gama de idiomas correntes da sua época (Atos 2:8-11)
Daniel na corte da Babilônia, decifrou uma língua desconhecida na terra (Daniel 5:1-8,25-28) perceba que somente Daniel pôde entender "o idioma de Deus". Essa capacidade de discernimento veio de Deus mesmo como se observa em Daniel 1:17 onde se diz:A esses quatro jovens Deus deu sabedoria e inteligência para conhecerem todos os aspectos da cultura e da ciência. E Daniel, além disso, sabia interpretar todo tipo de visões e sonhos.

O que fazer quando o impossível vier? Permaneça crendo como Habacuque:Mesmo não florescendo a figueira, não havendo uvas nas videiras; mesmo falhando a safra de azeitonas, não havendo produção de alimento nas lavouras, nem ovelhas no curral nem bois nos estábulos,ainda assim eu exultarei no SENHOR e me alegrarei no Deus da minha salvação. (Habacuque 3:17,18)

Não entristeçam o Espírito Santo

Ef 4:30 “Não entristeçam o Espírito Santo de Deus, com o qual vocês foram selados para o dia da redenção.”
Como não entristecer o Espírito Santo? Nós Alegramos o Espírito quando nós:
1.   Abandonamos a mentira (Ef 4:25):
A mentira é a única coisa cuja paternidade é atribuída ao diabo (Jo 8:44). A mentira prejudica relacionamentos e nós devemos zelar pelo vínculo da paz entre nós porque somos membros uns dos outros (Rm 12:18; Ef 4:3).
2.   Liberamos perdão (Ef 4:26,32):
O perdão é a única maneira de Satanás não alcançar vantagem sobre nós (2 Co 2:11). O perdão é a chave para receber o perdão divino (Mt 6:14,15) e é uma decisão pessoal. Quando retemos perdão estamos retidos, quando perdoamos somos libertos (Jo 20:23)
  3. Quando não cedemos espaço ao diabo (Ef 4:27)
A apóstola Elisabeth diz que ninguém perde espaço, mas cede aquele espaço que é seu. Alguém já disse que o diabo só tem o espaço que a igreja menosopreza. O pastor Laudjair Guerra disse num congresso da visão celular: "as células que você não tem, é o diabo quem tem".
Por isso, Jesus disse que as portas do inferno não prevaleceriam contra a Igreja, no grego comum, essa expressão quer dizer que a igreja atacaria o inferno e o inferno teria que retroceder.
No rol de discípulos de Jesus, vemos que Judas Iscariotes cedeu espaço ao diabo. Vemos o diabo querendo peineirar Simão como se peneira trigo. Não podemos ceder espaço ao maligno, pois Deus está a procura de homens e mulheres que estejam na brecha diante dele em favor do seu povo (Ez 22:30; Lc 22:31; Jo 6:70; 13:2).
  4. Arrependemos dos pecados (Ef 4:28a):
O ladrão arrependido deixa de furtar. O primeiro sinal da conversão é o arrependimento (Jr 31:19), e o primeiro ato para receber o Espírito Santo (At 2:38). O arrependimento foi a primeira mensagem que o Senhor Jesus pregou (Mc 1:15). O arrependimento será também a última mensagem de Deus para a Terra, mas os homens a recusarão (Ap 9:20).
5. Promovendo edificação (Ef 4:29):
A linguagem torpe ou indecente é aqueles palavrões, palavras de baixo calão. O apóstolo Paulo recomenda a Tito que nós não deveríamos ter nenhuma indignidade no falar (Tt 2:7,8). Porque a boca fala do que o coração estiver cheio (Lc 6:45), pois a boca pode produzir morte ou vida de como se usa (Pv 18:20,21), porque com ela bendizemos o Senhor e Pai e com ela amaldiçoamos o homem feito a semelhança de Deus (Tg 3:7-9).
O Senhor Jesus tinha sempre uma boa palavra pro cansado (Is 50:4) e esse tem sido o desejo do meu coração: ter uma boa palavra pro cansado, que eu seja agente de Deus para abençoar os meus irmãos em Cristo Jesus.
6. Devemos nos livrar da Amargura, Ira, Indignação, Gritaria, Calúnia (Ef 4:31)
Já foi provado que toda doença na alma resulta em doença física, pois como nós nos imaginamos nós nos tornamos (Pv 23:7).  Devemos ter uma auto-imagem correta de nós mesmos, pois somos filhos e filhas do El-Shadday (o Deus Todo Poderoso), somos templos do Espírito Santo (Ruach Hakodesh), Somos habitação de Deus no Espírito (Ef 2:22).
Todas as coisas nos são possíveis (Mc 9:23; Fp 4:13; Mt 18:18), sendo assim devemos ter gratidão ao Pai porque ele nos amou primeiro (1 Jo 4:19)
Que achemos graça aos olhos do Senhor Jesus! Vem Senhor! o Seu Espírito e sua Noiva dizem vem (Ap 22:17)

domingo, 30 de outubro de 2011

Você é segundo o coração de Deus?

1 Sm 13:14 "Porém, agora, não subsistirá o teu reino; já tem buscado o Senhor para si um homem segundo o seu coração e já lhe tem ordenado o Senhor que seja chefe sobre o seu povo, porquanto não guardaste o que o Senhor te ordenou."

O Senhor tem buscado para si homens e mulheres segundo o Seu coração, mas será que Ele tem encontrado? Será que Ele vê você alguém segundo o coração Dele?

Satanás está pronto para nos derrubar, mas se você for segundo o coração do Senhor, mesmo nos momentos de desânimo, Deus ainda irá te abençoar e fazer pela sua vida. Mas para que isso aconteça até nos momentos difíceis, é necessário decidir ser segundo o coração de Deus, pois, no versículo diz " Porém, agora, não subsistirá o teu reino, porquanto não guardaste o que o Senhor te ordenou" ou seja, você tem que querer obedecer a Deus, mesmo na dificuldade. Pois dessa maneira quando sua fé se abalar o Senhor estará ali para te dar forças e te levantar novamente. Senão tudo o que estava reservado pra você, será passado para outro. "Porém, agora, não subsistirá o teu reino; já tem buscado o Senhor para si um homem segundo o seu coração e já lhe tem ordenado o Senhor que seja chefe sobre o seu povo."

Mas como ser segundo o coração de Deus? Porque é muito fácil falar que podemos agradar a Deus, mas como fazer isso?

Sl 51:6 " Eis que amas a verdade no íntimo, e no oculto me fazes conhecer a sabedoria"

Deus ama a sinceridade, principalmente nos momentos de dificuldade. Porque aquele que fala a verdade até mesmo nas orações Deus enche o coração de sabedoria " e no oculto me fazes conhecer a sabedoria" . Esse versículo quer dizer que quando você é sincero com o Senhor, Ele te dá uma sabedoria específica, em oculto, ou seja, especialmente pra você, uma sabedoria única que ninguém tem igual.
Ser segundo coração de Deus significa que somos importantes e especiais. E Deus abençoa aqueles que Ele ama.

1 Co 2:9 " Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou no coração do homem o Deus tem preparado para aqueles que o amam."

Rm 8:28 " Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus."

Esses versículos mostram as coisas que Deus tem pra nós, mas essas coisas só se cumprem por dois motivos:
1º Porque Deus nos amou primeiro
2º Porque nós escolhemos amar a Deus
Ou seja, Deus já te ama só é necessário amarmos Deus também para que recebamos as bençãos.

Então, se você escolher ser segundo o coração de Deus as promessas de 1 Co 2:9 e Rm 8:28 já estarão sobre sua vida. Agora só falta você decidir sair dessa vida de comodismo e escolher servir ao Senhor em todos os momentos, porque talvez, você ainda pode não ser segundo o coração de Deus.

sábado, 29 de outubro de 2011

Quem você é?

Quem você é?
Na bíblia encontramos diversos tipos de pessoas, vejamos algumas delas e analise com qual você se identifica mais:
1.   Caim (Gênesis 4:9)
 Então o Senhor perguntou a Caim: "Onde está seu irmão Abel? " Respondeu ele: "Não sei; sou eu o responsável por meu irmão?”
Caim foi alguém que não se responsabilizou por seus atos, Caim tipifica pessoas ‘omissas’ em sua identidade. Pessoas que sempre tercerizam a culpa, pessoas que negam qualquer envolvimento.
Você é alguém que terceiriza a culpa?  Você é Caim, um fugitivo?
Caim foi assassino, você é assassino de sonhos? Caim teve prazer de frustrar a felicidade, você a tem? Queira Deus, que nenhum de nós sejamos Caim!
2.   José (Gênesis 45:12)
“Vocês estão vendo com os seus próprios olhos, e meu irmão Benjamim também, que realmente sou eu que estou falando com vocês.”
José foi alguém que foi tremendamente ferido pelos seus familiares e tinha todos os motivos para desistir deles, no entanto, ele decidiu perdoá-los. Ele é testemunho vivo do perdão de Deus. José foi alguém que tirou seus olhos do problema e os fixou no Criador como diz o Profeta:
“Naquele dia os homens olharão para aquele que os fez e voltarão os olhos para o Santo de Israel.” (Isaías 17:7)
José é um homem que nos ensina a transpôr as dificuldades em nome do Senhor. Você é José? Perdoador, clemente, ‘testemunho’, aquele que olha para o Santo de Israel?
3.   Moisés (Êxodo 3:11)
Moisés, porém, respondeu a Deus: "Quem sou eu para apresentar-me ao faraó e tirar os israelitas do Egito?”
Moisés nesse ponto da história se sentia humilhado, pois saiu do Egito envergonhado e perseguido por ter assassinato um egípcio. Nesse ponto da história já havia se passado 40 anos no deserto. Nesse período ele conheceu que era ‘ninguém’.
Quantas pessoas sentem a chamada de Deus para uma obra grande e se sentem como Moisés, humilhadas, despreparadas, pequenas, insuficientes...
Nesse momento da história, Deus teve que injetar um ânimo novo em Moisés, pois ele estava preso em suas limitações. Dizia ele: ‘SENHOR, sou pesado de língua’ (outras traduções trazem ‘gago’); e o SENHOR lhe responde: ‘Quem fez o homem seja ele surdo ou mudo, não sou eu? Vá e eu serei com sua boca e lhe ensinarei o que falar’
Isso me lembra o que Jesus Cristo disse em Mateus 10:20:
Pois não serão vocês que estarão falando, mas o Espírito do Pai de vocês falará por intermédio de vocês.
Quem sabe se o Senhor não tinha em mente Moisés ao citar esse precioso verso?
4.   Saul (1 Samuel 9:21)
“Acaso não sou eu um benjamita, da menor das tribos de Israel, e não é o meu clã o mais insignificante de todos os clãs da tribo de Benjamim? Por que então estás me dizendo tudo isso?”
É interessante dizer que o nome ‘Saulo’ vem da raiz hebraica ‘Saul’, e ambos os personagens se sentiam ‘pequenos, menores’ diante da presença de Deus, veja o que diz o apóstolo em sua carta aos Coríntios: (1 Coríntios 15:9)
Pois sou o menor dos apóstolos e nem sequer mereço ser chamado apóstolo, porque persegui a igreja de Deus”
Saul era aquele que se sentia inferior. Aquele que sofria de ‘complexo de inferioridade’.
O complexo de inferioridade é aquele que não reconhece sua identidade em Deus.
Será que você está convicto de quem Deus é? De quem você é nele? Será que você não sofre de ‘complexo de superioridade ou de inferioridade’?
Diz o ditado: ‘diga-me com quem andas e eu te direi quem és’. Nesse caso, sua identidade está nele, no El-Shadday! O Todo Poderoso, Deus!
5.   Golias (1 Samuel 17:8)
“Golias parou e gritou às tropas de Israel: "Por que vocês estão se posicionando para a batalha? Não sou eu um filisteu, e vocês os servos de Saul? Escolham um homem para lutar comigo.”
Nesse capítulo, vemos Golias desafiando primeiro o próprio Deus e depois o seu povo num espaço de 40 dias. Nesses 40 dias não houve ninguém que se posicionasse em favor de Israel e de Seu Deus a não ser Davi.
Golias tipifica toda afronta contra nossa vida e nosso Deus.
Você tem permitido que algo afronte seu Deus em sua vida? Você tem dado espaço a Golias em você? Tem criado como se diz: ‘demônios de criação’?
6.   Davi (1 Samuel 18:18)
Mas Davi disse a Saul: "Quem sou eu, e o que é minha família ou o clã de meu pai em Israel para que eu me torne genro do rei?
Davi se sentia indigno e nessa parte eu me identifico com ele. Indigno das bençãos de Deus. Veja o que ele diz em 2 Samuel 7:18:
“Então o rei Davi entrou no tabernáculo, assentou-se diante do Senhor, e orou: "Quem sou eu, ó Soberano Senhor, e o que é a minha família, para que me trouxesses a este ponto?”
Sabemos que Jesus já conquistou todas as bençãos de Deus para Nós (João 19:30; 2 Coríntios 1:20; Efésios 1:3), mas não queremos assumí-las, sentimos indignos (eu particularmente ainda mais)delas.
7.   Paulo, o apóstolo (Gálatas 2:20)
“Fui crucificado com Cristo. Assim, já não sou eu quem vive, mas Cristo vive em mim. A vida que agora vivo no corpo, vivo-a pela fé no filho de Deus, que me amou e se entregou por mim”
Paulo é aquele que abre mão da sua identidade em prol da obra de Deus, segundo ele mesmo ele ‘não consultou nem carne, nem sangue’ para pregar Cristo e ele considerava tudo como perda por causa da sublimidade de conhecimento de Cristo Jesus, o Senhor. (Gálatas 1:15-17; Filipenses 3:8).
Concluímos então esse pequeno estudo e com quem você mais se identifica?

sábado, 22 de outubro de 2011

“UMA MENSAGEM AO CANSADO”
 “Será que você não sabe? Nunca ouviu falar? O Senhor é o Deus eterno, o Criador de toda a terra. Ele não se cansa nem fica exausto, sua sabedoria é insondável. Ele fortalece ao cansado e dá grande vigor ao que está sem forças. Até os jovens se cansam e ficam exaustos, e os moços tropeçam e caem; mas aqueles que esperam no Senhor renovam as suas forças. Voam bem alto como águias; correm e não ficam exaustos, andam e não se cansam.” – Is 40:28-31
  •   Deus não se cansa;
Já ouvi muita gente dizer que Deus havia se cansado de suas orações, de sua família, de seu emprego, de sua vida, isso se deve ao fato de que essas pessoas desconhecem a verdade plena do Evangelho.
O Senhor não se cansa de nossas orações, não se cansa de nos renovar, de nos abençoar, de nos fortalecer, de nos animar, de nos atender, de nos escutar, de nos falar...
Muitas vezes, ele teve suas refeições interrompidas, seu sono interrompido por pessoas que naturalmente o “cansavam”, mas sempre o Senhor as atendia de bom grado...
Deus é imutável! Ele não cansou no passado, não se cansa hoje e não se cansará amanhã; Pessoas podem se cansar de você, mas Deus Jamais!
Persevere orando, persevere crendo, e ele fará o seu milagre brotar
Quem se cansa somos nós, a gente é que desiste, a gente é que deixa para lá, a gente é desanima, a gente que retrocede.
O Senhor investiu três anos e meio nos seus discípulos e nos momentos finais, a maioria deles retrocedeu, permanecendo somente os doze apóstolos e mesmo esses doze apóstolos o abandonaram no momento mais crítico, Jesus teve que buscar cada um deles novamente, provando mais uma vez a verdade de que Deus não se cansa de nós! Aleluia!
Querido, Deus não se cansou de mim e de você! Ao contrário, escrevo-lhe isto, animando a mim e a você, a crer que Deus não se cansa!
  •  Deus fortalece o cansado
Como já dissemos, nós nos cansamos, é natural. Mas mesmo nesses momentos, onde queremos desistir de tudo e de todos, o poderoso Espírito Santo vem, e nos consola por meio de Cristo, e nesses momentos nós clamamos: “Ainda que nosso homem exterior se corrompa, contudo, o nosso homem interior se renova de dia em dia” (2 Co 4:16).
Deus através de Isaías, nos disse: “Este é o refrigério, dêem descanso ao cansado” (Is 28:12).
Deus tem sempre uma palavra para quem está cansado: “O Soberano Senhor deu-me uma língua instruída, para conhecer a palavra que sustém o exausto. Ele me acorda manhã após manhã, desperta meu ouvido para escutar como alguém que é ensinado.” (Is 50:4)
Quando Moisés estava exausto e não queria mais conduzir o povo judeu pelo deserto, Deus providenciou 70 auxiliares que o ajudassem em tal tarefa. (Nm 11:16)
  • Os que esperam no SENHOR:
Renovam suas forças:
Sua força pode estar desgastada e sem motivação, mas querido, nesse dia, o Espírito está de certo modo desejoso para lhe renovar. Basta que você o clame, o busque, queira, pague o preço...
Sobem com asas:
Alcançam lugares altos, lugares sublimes, para muitos inatingíveis. Acima das tempestades, acima do tormento... Onde Cristo vive (Cl 3:1).
Caminham:
Nunca ficam extáticos, parados. Podem existir momentos onde parece que isso acontece, mas toda transformação acontece primeiro no interior.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Lembre-se!

Mq 6:5 “Meu povo, lembre-se do que Balaque, rei de Moabe, pediu e do que Balaão, filho de Beor, respondeu. Recorde a viagem que você fez desde Sitim até Gilgal, e reconheça que os atos do Senhor são justos”
Vamos aprender a como reconhecer os atos justos de Deus. A primeira coisa a se fazer é:
1.       Lembrar-se:

a)      Da promulgação da lei, Dt 4:9-10.
b)      Da aliança, Dt 4:23.
c)      Do cativeiro passado, Dt 5:15.
d)     Da grande libertação, Dt 7:18.
e)      Da liderança e provisão divinas,Dt  8:2-6.
f)       Dos pecados do passado, Dt 9:7.
g)      Dos juízos divinos, Dt 24:9.
h)      Dos dias passados, Dt 32:7.
i)        Do sacrificio de Jesus, 1 Co 11:23-26

2.      Recordar a viagem:
Sitim é a última parada dos judeus antes de entrarem na terra Santa (Nm 25:1; Js 2:1; 3:1) e Gilgal foi o primeiro acampamento dos judeus a oeste do Jordão (Js 4:19-24).
Deus esteve chamando os judeus para recordarem da sua transformação de escravos a livres no SENHOR e neste momento está nos chamando também para lembrarmos aquilo que ele tem feito por nós. Ele deixou sua glória, encarnou-se, morreu e ressurgiu por nossa causa (Rm 4:25). Ele foi manifestado em carne, justificado em espírito, contemplado por anjos, pregado entre os gentios, crido no mundo recebido na glória
(1 Tm 3:16)
Podemos dizer como o salmista diz no Sl 126: “Grandes coisas fez o SENHOR por nós por isso estamos alegres”
3.       Reconhecer que Os atos do SENHOR são justos;
A palavra justo aqui nesse texto significa reto (Heb: Tsedaqah). Deus é reto se ele empenhou a palavra ele a cumpre.  Deus não te esquecerá (Is 49:15).
Deus não nos trata segundo merecemos (Sl 103:10), Ele faz tudo muito mais abundamente além do que pensamos ou pedimos (Ef 3:20).
Que você possa trazer à memória o que te dá esperança (Lm 3:21). Que você nunca esqueça “Quão grandes coisas o SENHOR fez por nós, por isso estamos alegres”. E que até aqui nos ajudou o SENHOR – Ebenézer (1 Sm 7:12).

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

O Deus que transforma


E todos nós, que com a face descoberta contemplamos a glória do Senhor, segundo a sua imagem estamos sendo transformados com glória cada vez maior, a qual vem do Senhor, que é o Espírito. – 2 Co 3:18 NVI
Nosso Deus é o Deus que transforma. Várias são as histórias bíblicas que nos mostram que ele transforma as coisas, pessoas, lugares, situações. Vejamos algumas dessas situações:
1.       A Criação:
A bíblia diz que no princípio tudo era sem forma e vazio, mas o nosso Deus transformou aquele estado caótico em um mundo belo. A ciência conta-nos que o nosso planeta é o único com condições favoráveis para nossa vida.
2.       Êxodo do Egito:
O povo judeu era escravo, estrangeiro no Egito. Deus, entretanto, interveio e mudou a sorte do seu povo, fazendo de um povo pobre, um dos povos mais ricos atualmente, fazendo de um povo pequeno, um dos povos mais numerosos atualmente. Quando desceram para o Egito os judeus eram cerca de 75 pessoas quando saíram de lá eram cerca de três milhões!
3.       Retorno da Pérsia:
Depois de sairem do Egito o povo de Israel transgrediu as leis de Deus e ao transgredir as suas leis eles se tornaram escravos novamente. Em uma dessas ocasiões, Deus os libertou através de uma mulher: Ester. Havia um decreto de morte, mas ele transformou a morte em vida
4.       A água em Vinho:
Jesus principiou seus milagres num casamento que faltou vinho, onde ele transformou água em vinho. Isso é princípio interessante, pois a transformação de Deus alcança: O mundo Todo, Um país Todo, e uma Família toda. Deus transforma toda e qualquer situação!
5.       A morte em vida:
Um dos amigos de Jesus chamado Lázaro, morreu de uma doença. E depois de quatro dias morto, foi ressuscitado por Jesus. Isso também indica que a transformação de Deus alcança uma única pessoa.
Em que área você precisa de transformação? Lembre-se o que diz a Bíblia:

1. Somos transformados com glória cada vez maior;
2. Somos transformados na imagem do Senhor;
3. Somos transformados quando contemplamos a glória do Senhor;
4. A nossa transformação vem do Senhor que é o Espírito Santo;
Hoje é dia onde o Espírito do Senhor transformará sua vida em nome de Jesus!

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Torna-te Padrão!


Torna-te Padrão!
“Ninguém despreze a tua mocidade; pelo contrário, torna-te padrão dos fiéis na palavra, no procedimento, no amor, na fé, na pureza. Até minha chegada aplica-te a leitura, a exortação, ao ensino. Não te faças negligente com o dom que há em ti, o qual te foi concedido com a imposição das mãos do presbitério. Medita estas coisas e nelas sê diligente para que o teu progresso a todos seja manifesto. Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes” 1 Tm 4:12-16
Há um mandamento de ser padrão  para todos os salvos. Como tornar-se padrão? Ser padrão para quem? Em que tornar-se padrão? Serão algumas questões respondidas agora:
1.      Torna-te padrão para os fiéis;
Os fiéis são aqueles que foram comprados com o sangue de Jesus (At. 20:28; 1 Co 6:20), são aqueles que obedecem a palavra (Lc 5:5), os fiéis são a menina dos olhos de Deus (Zc 2:8), são os cheios de fé (2 Ts 3:2), os fiéis são os pequeninos (Mt 18:6), são os filhos e filhas do Todo-Poderoso (Jo 1:11-13).
2.     Torna-te padrão na palavra; (Tg 3:2)
Que não saia da nossa boca nenhuma palavra que entristeça o Espírito Santo (Ef  4:29), que não sejamos uma fonte de águas doces e salgadas, on de com a língua adoramos o Pai e amaldiçoamos os homens feitos a sua imagem e semelhança (Tg 3:9-11), que nossa boca produza vida e não morte (Pv 18:20,21), que nossas palavras sejam agradáveis ao SENHOR (Sl 19:14),  que nossas palavras não sejam duras para o SENHOR (Ml 3:13), que nossas palavras venham justificar-nos e não condenar-nos (Mt 12:37), que o adversário não tenha indignidade nenhuma a dizer a nossa respeito pelo nosso linguajar (Tt 2:7,8), que também sejamos hábeis no manuseio das escrituras (2 Tm 2:15)
3.     Torna-te padrão no procedimento;
Jesus, no início do seu ministério começou a fazer (procedimento) e  a ensinar (teoria) – At. 1:1, Paulo recomendou ser imitado (Fp 4:9) e tinha um imitador em tudo – Timóteo (2 Tm 3:10,11), a multidão que seguia Jesus, o fazia por causa dos milagres que viam (Jo 6:2); a palavra que sai da nossa boca é teoria, mas o exemplo dado é a prática.
4.     Torna-te padrão no amor;
A palavra “amor” (Grego: Ágape) é bastante usada nas escrituras. Fala-nos do amor de Deus, sacrificial, altruísta,
·        Amor que é a essência de Deus – 1 Jo 4:8,16
·        Amor que é derramado em nós – Rm 5:8
·        Amor existente na Trindade – Jo 15:10
·        Amor que é a maior virtude – 1 Co 13:13
·        Amor que cobre multidão de pecados – 1 Pe 4:8
·        Amor que é mandamento – Jo 13:34,35

5.     Torna-te padrão na fé;
Cada um tem uma medida de fé (Rm 12:3) que pode crescer (Lc 17:5) ouvindo-se a palavra (Rm 10:17).
A fé é o viver do cristão (Rm 1:17) e seu andar (2 Co 5:7) e a vitória que vence o mundo (1 Jo 5:4).
A fé é o fundamento do cristianismo (Hb 11:1), é o que nos dá bom testemunho (Hb 11:2), é o que agrada a Deus (Hb 11:6);
Fé é confiança, certeza, convicção (Grego: Pistis)
6.     Torna-te padrão na pureza;
A palavra “pureza” também significa “inocência, castidade”. O jovem pode manter puro seu caminho observando a Palavra de Deus (Sl 119:9) e guardando o seu coração (Pv 4:23).
Jesus é o maior exemplo de pureza que há (Hb 7:26) até seu sangue é inocente (Mt 27:4).
É interessante dizer que ser inocente não é ser medíocre e aceitar tudo. Jesus é inocente, mas não aceitou tudo que lhe diziam e nem foi medíocre (Mc 12:13-17)
7.     Como tornar-se padrão?

·        Pela leitura;
A NVI traduz assim “leitura pública das escrituras” e é fiel as cópias dos originais, pois não existe nenhum autógrafo (livro vindo direto dos profetas, apóstolos) são somente cópias deles.
Josué lia a lei (Js 1:8), os reis liam a Lei (Dt 17:18-20), os profetas liam a Lei (Is 8:20), o que teme ao SENHOR lê a Lei (Sl 1:1,2), O Senhor Jesus leu a Lei (Lc 4:16-19), os judeus liam e ainda leêm a lei (Jo 5:39; At. 17:10,11).
ð Benefício da leitura: Is 55:10,11; 2 Tm 3:16,17


·        Pela exortação;
A exortação não deve ser menosprezada (Hb 12:4-6)
A exortação livra-nos da condenação (1 Co 12:32)
A exortação precisa de dedicação (Rm 12:8)
Qualidades requeridas para exortar (Rm 15:4)
A exortação precisa ser com brandura (Gl 6:1)
A exortação deve promover unidade (2 Ts 3:14,15)
A exortação deve ser atual (Hb 3:13)
·        Pelo ensino; (Tt 2:7,8)
Dirigido aos pecadores (Sl 51:13);
De acordo com a verdade (Mt 22:16)
Deve haver excelência (Rm 12:7)
Deve ser transmitido a outros (2 Tm 2:2)
É ministério do Espírito Santo (Jo 14:26)
É o ministério do mestre em Efésios 4:11
Deve ser aplicado desde muito cedo (Pv 22:6)
·        Relembrando o dom espiritual;
O dom espiritual confirma – Rm 1:11,12
o dom é irrevogável – Rm 11:29
o dom é para todos – At. 2:38,39
o dom veio de Cristo – Ef 4:8
os dons são diversos – 1 Co 12:4
Na bíblia, a palavra “dom” ocorre 20 vezes e a palavra “dons” 23 vezes;
Quando tornamo-nos padrão dos fiéis nas cinco áreas (Palavra, procedimento, amor, fé e pureza) ninguém nos despreza (Tt 2:15), pois o jovem é forte e já venceu o maligno (1 Jo 2:14) e nossa diligência produzirá salvação a quantos nos ouvirem!